domingo, 15 de novembro de 2015

Com todo meu amor, mami!

Vivi nesses últimos 5 meses, meus melhores e piores dias... a alegria de uma gravidez e a tristeza de uma doença que devasta tudo a sua volta.

Escrever este post, é um desabafo e um registro que quero ter de tudo o que sinto diante da maior perda da minha vida... às vezes tenho comigo que a ficha nunca cairá... me desespero quando penso que não segurará mais a minha mão, ou que não irá mais pegar no meu pé... meu Deus como já sinto sua falta! Perdi minha mãe, perdi meu chão.


Foi uma luta intensa pela vida, como ela foi forte... como sempre! E sei que como sempre, foi por nós!
No meio da dor imensa de perdê-la, de não mais poder vê-la, sinto uma enorme gratidão...
Durante todo o tratamento, foi incrível como eu e meu irmão fomos abençoados por verdadeiros anjos que nos ajudaram muito nesta caminhada... familiares, amigos, médicos, enfermeiros... tanta gente que passaria dias citando o nome de cada um...
A despedida foi linda, verdadeira... pessoas verdadeiras, sei que ela pôde sentir o amor e a paz que estavam ali o tempo todo! 
Esse sentimento lindo, tão intenso, nos confortou na certeza de que ela descansaria merecidamente e que estaria em paz... nós, seguiremos em frente na certeza de que nosso elo de amor verdadeiro se fará eterno e que ela será sempre luz em nossas vidas!
Obrigada querido Deus pela mãe maravilhosa que nos deu nesta vida, e obrigada por podermos ter a chance defazer tudo o que estava ao nosso alcance por ela, esse aprendizado é um grande tesouro para nós!


Obrigada a todos os familiares e amigos pelo carinho comigo e com o Dan, pelas muitas mensagens e orações, nosso coração está cheio de gratidão!
Agora, seremos em nossa parte que se foi, muita saudade...
Te amo tanto, mami!


Com todo meu amor para sempre!